Pular para o conteúdo principal

ECD no Programa PIA - Investigação Detalhada e Plano de Intervenção

Atualização e Capacitação - ECD no Programa PIA

No 1o Semestre de 2011, a ECD Sondagens Ambientais, através de seu Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis, participou de dois importantes cursos que fizeram parte do Programa PIA.
O primeiro deles, refere-se a Investigação Detalhada e Plano de Intervenção em Postos de Abastecimento, realizado no mês de maio-2011. Foi um excelente curso, muito bem organizado e muito bem ministrado. O curso "pegou forte" no procedimento de Investigação Detalhada da CETESB, que foi devidamente esmiuçado pelo professores Abdalla e Augusto, e particularmente pelo Elton Gloeden. Muitos detalhes que passam despercebidos pelos relatórios das consultorias foram expostos, bem como os itens que, em geral, acabam faltando na maior parte dos estudos desse tipo. Mais detalhes aqui.
O fundamental do curso foi verificar, com dados mais precisos, que a Investigação é mais que essencial para o Gerenciamento de Áreas Contamiandas. Embora seja óbvio, na prática o que se tem visto é investigações pobres e remediações-pacote estabelecidas na base da tentativa e erro.



O leitor pode estar se perguntando: "o que a ECD tem a ver com isso? Ela não é consultoria!!!!!".
Basicamente pelos seguintes motivos:
- Nós estamos no ramo de áreas contaminadas. É nossa obrigação saber os detalhes do nosso serviço e quais as necessidades do nosso cliente: justamente as consultorias que trabalham com Investigação. Nós, da ECD, acreditamos que esse seja um diferencial importante da nossa empresa: a atualização constante e entender tecnicamente o trabalho da consultoria para oferecer a melhor solução.
- É fundamental saber como estão os trabalhos de investigação no Brasil, que é onde atuamos. A ECD tem acompanhado as novidades do mercado Europeu e Estadunidense, mas no Brasil não há muita informação online disponível sobre o atual estágio das investigações, e esses eventos são a melhor oportunidade para tomar esse contato.
- Verificar o que já ouvimos em muitos eventos: entender a área é a parte mais importante de todo o estudo. Não adianta e melhor tecnoligia e o mais revolucionário sistema de remediação se você não entende a área. Esse evento foi fundamental para isso: os professores mostraram que uma investigação, para atender as normas (observe que não estamos falando em excelência, somente em atender as exigências) precisa ser muito bem pensada, planejada, avaliada e revista nos seus detalhes. Percebemos que a ECD está no caminho certo: desenvolvendo ferramentas e equipamentos que permitam essa investigação com qualidade.
- Confirmar que não é possível fazer uma investigação adequada com equipamentos do século passado: girando Trado com a mão, amostrando água com "esgota-e-coleta", amostrando solo sem liner, fazendo "multiníveis-padrão", sem entender as camadas hidrogeológicas, e outros equívocos muito comuns nos trabalhos que vemos.
- Melhorar o nosso conhecimento sobre o tema. Isso ficará claro quando o sistema de créditos e/ou acreditação estiver institucionalizado. A ECD larga na frente e se diferencia de seus concorrentes nesse aspecto. 

Em resumo, foi um evento muito bom e muito proveitoso. Nesses quase 3 meses após a participação da ECD, pudemos melhorar nossos processos e oferecer novas soluções para as investigações detalhadas, em especial a Hollow Portátil, sobre a qual falaremos mais em breve.




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Power Probe da ECD em Cubatão

Essa semana a Power Probe da ECD está realizando um trabalho em Cubatão. Como todos que trabalham com Investigação Geoambiental sabem, na região de Cubatão, o nível de água costuma ser raso e o solo é muito arenoso ou orgânico, típico de mangue. O trabalho realizado pela ECD era coletar amostras de solo com liner (via Direct Push) a até 5,0 m de profundidade. O nível de água do site era cerca de 0,5 m. Pode-se imaginar a dificuldade do trabalho.
A equipe de Investigação Geoambiental da ECD foi ao local com a Power Probe, recém adquirida da AMS  Inc, fábrica dos EUA. A única forma de obter amostras representativas era utilizando a ferramenta Piston Sampler. Alguns leitores podem perguntar o porquê dessa afirmação. Vamos tentar responder: Se o solo é muito arenoso ou com nível de água muito raso, a tendência é que o furo de sondagem desmorone, ou seja, caso seja utilizada a metodologia tradicional (Single Tube, Macro Core ou Open Hole, todas as definições para amostragem com o furo abe…

Novo Equipamento da ECD - Sonda Hollow Stem Auger no Trator

No início de fevereiro de 2010, a ECD colocou em funcionamento seu 4o equipamento mecanizado:
Depois de 2 Sondas Hollow Stem Auger montadas sobre caminhão e 1 Sonda Hidráulica Portátil, agora a ECD dispõe de um Trator como plataforma para uma Sonda Hidráulica Hollow Stem Auger. Além disso, ele ainda dispõe de um martelete hidráulico de alta capacidade acoplado, permitindo amostragem de solo contínua tipo "Dual Tube", ou concomitante com a sondagem com os Trados Ocos (Hollows), ou ainda a instalação de poços de monitoramento pré-montados (pre-packed).
A grande vantagem desse equipamento é a versatilidade de sites que ele pode trabalhar, pois existe muito pouca restrição ao seu acesso. Até agora ele trabalhou em um site que o caminhão não entrava devido ao pouco espaço e em um site onde foi preciso acionar a sua tração 4 x 4, por causa de um declive acentuado e um precário acesso em terra em um dia chuvoso. Graças à plataforma ser um trator traçado, o serviço foi executado.
Essa …

Sondagem Mecanizada é Cara?

Frequentemente os clientes entram em contato conosco na ECD e nos pedem alguma proposta para sondagem e instalação de poços de monitoramento. Em geral, sugiro o uso de algum equipamento mecanizado, com as dimensões compatíveis com o acesso ao local e ao escopo que o cliente precisa. Pode ser alguma das nossas sondas sobre caminhão, a nossa sonda sobre Trator ou a nossa sonda hidráulica portátil.
Muitas vezes, o cliente pergunta se não temos Trado Manual. Respondo que não, nossos equipamentos portáteis, por enquanto, são a sonda hidráulica portátil e os Trados Mecanizados ou Hidráulicos. Esses últimos para áreas com dificuldade de acesso para os outros equipamentos. Pergunto se ele prefere esses equipamentos portáteis por questões de acesso e, em geral, o cliente diz que prefere o Trado por questões de preço.
Sem entrar no mérito de preço x qualidade, pois sabemos que muitas vezes o orçamento disponível é muito restrito e o uso do Trado é a única alternativa, vamos contar uma breve his…