Pular para o conteúdo principal

A ECD em 2014 - Retrospectiva

Após falarmos dos nossos 10 anos na postagem anterior, gostaríamos de compartilhar com nossos amigos o que aconteceu conosco nesse ano  que passou.
Foi um ano fraco no sentido econômico, causado, provavelmente, pela baixa expectativa no seu início, devido aos grandes eventos nacionais e internacionais (Copa, Eleições), e que isso iria frear o crescimento econômico e a atividade industrial em 2014. Isso levou as indústrias, especialmente do Estado de São Paulo, a segurarem os investimentos e a fazerem apenas o estritamente necessário no Gerenciamento de Áreas Contaminadas. Do meio para o final do ano, a crise hídrica no nosso estado potencializou essa "marcha lenta" e, como numa profecia que se auto cumpre, o crescimento do país foi baixo, de SP menor ainda, e na indústria paulista, houve resultados muito ruins. Os baixos resultados da indústria paulista, aliado a uma espera generalizada pelo que aconteceria com a CETESB e quais seriam as exigências decorrentes do Decreto 59.263 - o mercado queria ver se a "lei ia pegar" - causaram uma retração importante no mercado das áreas contaminadas e, consequentemente, no faturamento e resultados da ECD.
Porém, de um modo geral, o ano foi excelente. A ECD continuou se desenvolvendo, se diferenciando, explorando novos nichos, produzindo e compartilhando conhecimento, e principalmente, contribuindo com o desenvolvimento do nosso mercado, especialmente com a essencial etapa de investigação. Com tudo isso, conseguimos, ao final de 2014, um reconhecimento muito grande e muito importante por parte do mercado, como uma empresa inovadora e de qualidade, com equipamentos diversificados e pessoal de campo muito bem preparado e capacitado. Os nossos parceiros, de um modo geral, estão muito satisfeitos com a qualidade do nosso trabalho, e isso é uma porta aberta para um 2015 muito promissor.
Vamos à nossa retrospectiva:

- Escrevemos trimestralmente uma coluna na importante revista Pollution Engineering Brasil, mostrando a importância da investigação de áreas contaminadas para a indústria e especificando algumas técnicas e metodologias.

- Logo em janeiro, fizemos mais uma rodada de treinamentos com nossos colaboradores: além das atividades práticas, de campo, e de questões ligadas à Saúde e Segurança, os treinamentos contemplaram uma extensa parte teórica, incluindo noções de Hidrogeologia, Pedologia e Remediação, para que todos eles tenham condição de atuar em conjunto com nossos parceiros, as consultorias ambientais










- Em fevereiro, fomos agraciados com o prêmio de melhor trabalho do IV Simpósio RESID, evento que fez parte do XIV CBGE, em um paper escrito pelos colaboradores da ECD: Marcos Tanaka Riyis, Rafael Muraro Derrite, Mauro Tanaka Riyis e pelo professor da FEB/UNESP, Dr Heraldo Luiz Giacheti. Mais um motivo de imenso orgulho por parte da ECD, mostrando que a produção e compartilhamento de conhecimento é um excelente caminho.

- O Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis foi convidado, em março, a fazer parte do corpo docente do curso de Pós Graduação em Remediação de Áreas Contaminadas do SENAC. Posteriormente, em junho, passou a fazer parte do corpo docente do curso de Gerenciamento de Áreas Contaminadas na mesma instituição. Isso é um motivo de muito orgulho para nós da ECD, pois os alunos desse curso são profissionais experientes e renomados no mercado de áreas contaminadas e ser convidado para lecionar para esse público é um sinal de que a ECD está no caminho certo com suas pesquisas e desenvolvimento.



- A ECD fez, em abril, uma apresentação na aula prática da disciplina Técnicas de Investigação para Remediação do curso do SENAC, com muito sucesso, pois pôde demonstrar na prática uma série de metodologias e tecnologias muito importantes para um adequado diagnóstico de uma área contaminada. Mostramos: amostragem de solo Single Tube x Dual Tube; amostragem de solo Piston Sampler; Ensaio RCPTu; Ensaio PPDT; Direct Push Slug Test (DPST); amostragem de água Direct Push, além de um estudo aplicado sobre definição das camadas preferenciais de fluxo.







- No início de maio, em seu tour pelos EUA, a ECD apresentou um trabalho na maior conferência sobre Cone Penetration Test (CPT) do mundo, a CPT'14, em Las Vegas. Lembrando que a ECD adquiriu o equipamento no final de 2011, e adaptou sua aplicação, idealizada para os estudos de fundação, para o estudo das zonas preferenciais de fluxo e zonas preferenciais de armazenamento de contaminantes. Essa adaptação rendeu muitos frutos, um deles, o aceite, apenas 2 anos depois, de um trabalho para o maior Congresso do mundo sobre o tema, mostrando que os resultados do uso do RCPTu para a Investigação de Áreas Contaminadas estão sendo muito positivos.



- Também no mês de maio, foi a vez da ECD apresentar 2 trabalhos no maior e mais importante Congresso de Remediação de Áreas Contaminadas do mundo: A Conferência Chlorcon, da Battelle, na sua versão 2014. Em mais um motivo de muito orgulho para a ECD, tivemos 2 trabalhos aprovados nesse importantíssimo evento. Para nós foi particularmente interessante, pois, além da apresentação em si, pudemos fazer um curso pré-evento de altíssimo nível, e estreitar nosso relacionamento com nossos parceiros brasileiros que lá estavam (AECOM, Angel, Arcadis, CGA, CH2M Hill, Clean, Edutech, ERM, Geoklock, Servmar, SGWS, Tratch Mundi, Tecnohidro, Waterloo, entre outros) e também parceiros internacionais, que foram ouvir nossas apresentações e trocar ideias e projetos. Portanto, nossa 1a participação na Battelle foi apresentando trabalhos!!!!!










- No mês de junho, nova apresentação no SENAC, desta vez na aula de Técnicas de Investigação, para o curso de Pós Graduação em Gerenciamento de Áreas Contaminadas, ministrada pelo professor Vicente de Aquino Neto. Desta feita, o objetivo era mostrar técnicas de investigação inovadoras, como instalação de poço pré montado, amostragem de solo Piston Sampler, amostragem de água Direct Push, ensaio RCPTu.







- Em julho, foi a vez de apresentarmos os trabalhos da ECD na Unicamp, no curso de Extensão em Investigação Geoambiental, a convite da Professora Doutora Miriam Miguel e do Professor Paulo Negrão. Apresentamos aos alunos técnicas de amostragem de solo e ensaio RCPTu, com bastante sucesso





- Durante o ano de 2014, submetemos alguns artigos para algumas revistas científicas. O 1o deles a ser aceito e publicado é esse, disponível na RBGEA, Revista Brasileira de Geologia de Engenharia e Ambiental, de autoria de Marcos Tanaka Riyis, Rafael Muraro Derrite, Mauro Tanaka Riyis e Heraldo Luiz Giacheti. Mais um motivo de orgulho para nós nesse ano de 2014, onde, mais uma vez, pudemos contribuir para a construção e solidificação do conhecimento científico em Investigação Geoambiental de Áreas Contaminadas.

- Outro evento muito importante que a ECD conseguiu aprovar um trabalho, desta feita como apresentação oral, é o Seminário Internacional de Remediação, promovido pelo instituto Ekos Brasil. Esse é o mais importante evento de Áreas Contaminadas do país, e a ECD esteve presente, revendo os amigos, conversando com os parceiros, trocando ideias e expondo seus trabalhos para o público especializado.





- A ECD foi, também em 2014, convidada a fazer treinamentos com as equipes técnicas de algumas consultorias, que desejavam conhecer melhor os trabalhos de Investigação de Alta Resolução (HRSC). A ECD ministrou esses treinamentos, alguns teóricos, outros práticos para seus parceiros visando fornecer subsídios para esses parceiros incorporarem os princípios da HRSC e visando estreitar os laços entre os parceiros.

- Por fim, no final de 2014, a ECD recebeu o aceite de mais um trabalho: uma apresentação oral no Groundwater Summit, em San Antonio, TX, um evento promovido pela NGWA, a maior associação de águas subterrâneas do mundo. A ECD expandindo as fronteiras e mostrando o seu trabalho inovador para os profissionais do mundo inteiro que estarão em San Antonio, em março/2015. O resumo pode ser visto aqui.

Em resumo, embora economicamente tenha sido um ano ruim, ele foi excelente em linhas gerais, com muita coisa boa acontecendo para a ECD. Esperamos que, em 2015, seja ainda melhor!!!!

Obrigado aos leitores, colaboradores, fornecedores e parceiros nessa jornada. Esperamos que nossa contribuição tenha ajudado o mercado a melhorar sua qualidade e, consequentemente, proteger o Meio Ambiente de todos nós




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECD ministra aula de campo para alunos do SENAC

A ECD Sondagens Ambientais Ltda, através de seu Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis, ministrou duas aulas práticas sobre Investigação de Áreas Contaminadas para alunos do SENAC.
A primeira delas, em maio/2015, foi para alunos da 2a turma do Curso de Pós Graduação em Remediação de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina Técnicas de Investigação para Remediação.
A segunda, em junho/2015, foi para alunos da 14a turma do curso de Pós Graduação em Gerenciamento de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina de Técnicas de Investigação, sob a responsabilidade do Professor Ms. Vicente de Aquino Neto.
O objetivo das aulas foi proporcionar aos alunos um contato com algumas ferramentas pouco usuais nas investigações de áreas contaminadas atualmente conduzidas no Brasil, sempre visando uma mudança no paradigma, que coloque a etapa de diagnóstico no centro do processo, e que a identificação da massa de contaminante e sua interação com o meio físico seja o resultado da etapa de investigação, não um …

ECD faz ensaios RCPTu para dimensionar remediação

No mês de março/2013, a ECD foi contratada por uma Consultoria para coletar dados geoambientais em uma área contaminada por diesel no bairro da Vila Guilherme, em São Paulo-SP. Após uma conversa muito proveitosa com a Consultoria parceira, o corpo técnico da ECD, aproveitando sua experiência e pesquisas sobre Investigação Geoambiental de Alta Resolução sugeriu que, antes da instalação dos poços de bombeamento solicitada inicialmente, fossem feitos alguns ensaios de piezocone de resistividade (RCPTu) para uma adequada elaboração do Modelo Conceitual do Site e, com isso, os referidos poços pudessem ser adequadamente locados e dimensionados. A Consultoria prontamente aceitou, pois foi contratada pelo "Responsável Legal" para corrigir uma remediação projetada e executada por uma outra consultoria, que havia falhado. Para resolver o problema, era necessária uma adequada investigação geoambiental, e o ensaio RCPTu foi a ferramenta escolhida. Como o responsável pela Consultoria co…

Power Probe da ECD em Cubatão

Essa semana a Power Probe da ECD está realizando um trabalho em Cubatão. Como todos que trabalham com Investigação Geoambiental sabem, na região de Cubatão, o nível de água costuma ser raso e o solo é muito arenoso ou orgânico, típico de mangue. O trabalho realizado pela ECD era coletar amostras de solo com liner (via Direct Push) a até 5,0 m de profundidade. O nível de água do site era cerca de 0,5 m. Pode-se imaginar a dificuldade do trabalho.
A equipe de Investigação Geoambiental da ECD foi ao local com a Power Probe, recém adquirida da AMS  Inc, fábrica dos EUA. A única forma de obter amostras representativas era utilizando a ferramenta Piston Sampler. Alguns leitores podem perguntar o porquê dessa afirmação. Vamos tentar responder: Se o solo é muito arenoso ou com nível de água muito raso, a tendência é que o furo de sondagem desmorone, ou seja, caso seja utilizada a metodologia tradicional (Single Tube, Macro Core ou Open Hole, todas as definições para amostragem com o furo abe…