Pular para o conteúdo principal

ECD Auxilia Aulas de Geologia e Pedologia Executando Amostragens de Solo

A ECD mais uma vez auxilia os alunos e docentes do Curso de Pós Graduação em Gerenciamento de Áreas Contaminadas do SENAC
Diferente da participação nas demais aulas, ocorridas em 2015 e 2014, entre outras, normalmente realizadas nas aulas de Técnicas de Investigação de Áreas Contaminadas, desta vez, a atividade da ECD foi na aula de Geologia e Pedologia, a 1a disciplina dos alunos ingressantes, executando amostragens de solo.
Seguindo as diretrizes já amplamente divulgadas pela ECD em muitos textos como esse, as amostragens de solo foram realizadas na zona saturada até o limite dos equipamentos ou de recuperação de amostras. Como ferramentas, foram utilizados o Dual Tube e o Piston Sampler (maiores informações sobre as metodologias aqui). As amostras foram coletadas na sexta-feira e no sábado pela manhã, e os alunos puderam descrever adequadamente o material com a orientação e supervisão da professora Doutora Annabel Perez Aguilar , pesquisadora do Instituto Geológico (IG), do Coordenador do curso, do professor Doutor Rodrigo Cunha, do Diretor Técnico da ECD, Marcos Tanaka Riyis, e do Geólogo Marcos Araújo, ex-aluno do curso de Remediação de Áreas Contaminadas do SENAC.
Os alunos tiveram a oportunidade de: observar uma amostragem de solo em uma situação pouco favorável (solo arenoso saturado muito heterogêneo); verificar que a heterogeneidade do meio físico é muito grande e precisa ser plenamente entendida para que as etapas subsequentes do processo de investigação (por exemplo, a instalação de poços de monitoramento) sejam adequadas; visualizar e sentir as diferentes cores, minerais e texturas que formam o manto de alteração no site; subsidiar a elaboração de perfis estratigráficos e seções geológicas que serão a base de um modelo conceitual mínimo.
Para a ECD, além do prazer em colaborar com a formação dos profissionais que já atuam no nosso mercado e com esse importante curso, foi mais uma oportunidade para propagar a nossa mensagem: "Amostrai o Solo..."


Sonda posicionada, ferramentas arrumadas, iniciando o pré-furo manual de segurança

 Avaliação do material coletado no pré-furo

Retirada das hastes externas do Dual Tube após amostragem

Avaliação Tátil-Visual do perfil, em detalhe


Preparação das ferramentas Dual Tube para novo ponto

Amostras arrumadas, prontas para a descrição na aula

Sonda posicionada para iniciar amostragem com Dual Tube




 Sonda posicionada para iniciar amostragem com Dual Tube

Dificuldade na recuperação de amostras devido ao pre-heave exigiu mudança para Piston Sampler

Amostra de areia saturada totalmente recuperada, graças ao uso do Piston Sampler com core catcher

2o dia de amostragem, agora com a sonda AMS-Power Probe 9100-ATV

Pré-furo manual de segurança no 7o ponto de amostragem


Turma observando atentamente à amostragem Dual Tube executada pela ECD



Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo

Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo

Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo, com orientação da professora

Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo


Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo

Alunos realizando a descrição tátil-visual das amostras de solo

 Power Probe 9100-ATV executando amostragem de solo Dual Tube 

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Power Probe da ECD em Cubatão

Essa semana a Power Probe da ECD está realizando um trabalho em Cubatão. Como todos que trabalham com Investigação Geoambiental sabem, na região de Cubatão, o nível de água costuma ser raso e o solo é muito arenoso ou orgânico, típico de mangue. O trabalho realizado pela ECD era coletar amostras de solo com liner (via Direct Push) a até 5,0 m de profundidade. O nível de água do site era cerca de 0,5 m. Pode-se imaginar a dificuldade do trabalho.
A equipe de Investigação Geoambiental da ECD foi ao local com a Power Probe, recém adquirida da AMS  Inc, fábrica dos EUA. A única forma de obter amostras representativas era utilizando a ferramenta Piston Sampler. Alguns leitores podem perguntar o porquê dessa afirmação. Vamos tentar responder: Se o solo é muito arenoso ou com nível de água muito raso, a tendência é que o furo de sondagem desmorone, ou seja, caso seja utilizada a metodologia tradicional (Single Tube, Macro Core ou Open Hole, todas as definições para amostragem com o furo abe…

Novo Equipamento da ECD - Sonda Hollow Stem Auger no Trator

No início de fevereiro de 2010, a ECD colocou em funcionamento seu 4o equipamento mecanizado:
Depois de 2 Sondas Hollow Stem Auger montadas sobre caminhão e 1 Sonda Hidráulica Portátil, agora a ECD dispõe de um Trator como plataforma para uma Sonda Hidráulica Hollow Stem Auger. Além disso, ele ainda dispõe de um martelete hidráulico de alta capacidade acoplado, permitindo amostragem de solo contínua tipo "Dual Tube", ou concomitante com a sondagem com os Trados Ocos (Hollows), ou ainda a instalação de poços de monitoramento pré-montados (pre-packed).
A grande vantagem desse equipamento é a versatilidade de sites que ele pode trabalhar, pois existe muito pouca restrição ao seu acesso. Até agora ele trabalhou em um site que o caminhão não entrava devido ao pouco espaço e em um site onde foi preciso acionar a sua tração 4 x 4, por causa de um declive acentuado e um precário acesso em terra em um dia chuvoso. Graças à plataforma ser um trator traçado, o serviço foi executado.
Essa …

Sondagem Mecanizada é Cara?

Frequentemente os clientes entram em contato conosco na ECD e nos pedem alguma proposta para sondagem e instalação de poços de monitoramento. Em geral, sugiro o uso de algum equipamento mecanizado, com as dimensões compatíveis com o acesso ao local e ao escopo que o cliente precisa. Pode ser alguma das nossas sondas sobre caminhão, a nossa sonda sobre Trator ou a nossa sonda hidráulica portátil.
Muitas vezes, o cliente pergunta se não temos Trado Manual. Respondo que não, nossos equipamentos portáteis, por enquanto, são a sonda hidráulica portátil e os Trados Mecanizados ou Hidráulicos. Esses últimos para áreas com dificuldade de acesso para os outros equipamentos. Pergunto se ele prefere esses equipamentos portáteis por questões de acesso e, em geral, o cliente diz que prefere o Trado por questões de preço.
Sem entrar no mérito de preço x qualidade, pois sabemos que muitas vezes o orçamento disponível é muito restrito e o uso do Trado é a única alternativa, vamos contar uma breve his…