Pular para o conteúdo principal

Sonda Hidráulica Portátil

Desde 2008, a ECD vem aperfeiçoando a sua Sonda Hidráulica Portátil. Inicialmente concebida para funcionar fazendo sondagens com Trado Sólido de 6'', com o objetivo de fazer serviços "de Trado". Ela cumpriu bem o seu papel, mas precisava de algumas modificações para ser realmente um equipamento procurado pelos clientes.
Em 2011, foram feitas as últimas modificações para torná-la o que é hoje. São elas:

- Modificações hidráulicas que aumentaram seu torque para cerca de 750 N.m (cerca de 8-10 vezes mais que o Trado Mecanizado)
- Modificações em seu funcionamento que proporcionaram um retorno rápido do cabeçote vazio, agilizando muito o processo
- Modificações na sua estrutura que permitiram um trabalho seguro com uma equipe de apenas 2 pessoas.
- Finalmente, em maio/2011, a ECD desenvolveu ferramentas especiais (Trados Ocos com ângulo de corte e desenho especialmente feitos para essa máquina) que permitiram que ela faça serviços com Hollow Stem Auger (Trado Oco) a uma profundidade de até 12 metros.

De lá pra cá, muitos trabalhos foram feitos com ela, sempre com muito sucesso. Hoje, podemos dizer que é um equipamento muito solicitado pelos parceiros da ECD, em especial em locais de difícil acesso e/ou com solo muito arenoso, onde teria que ser usado Trado Manual + Revestimento. Uma das metas da ECD para 2012 é acabar com o uso do revestimento, para isso, vai sempre oferecer essa Sonda Portátil para solos arenosos ou muito saturados.

Alguns exemplos:
- Site na Moóca - Todos sabemos que aquela região da cidade de São Paulo possui um solo argiloso plástico muito difícil de ser perfurado manualmente ou com equipamentos de pouco torque. O nosso cliente solicitou o Trado Mecanizado, pois os Manuais (tipo "cirandinha") não conseguiram fazer. O nosso Trado Mecanizado sofreu para instalar 1 poço de 8 metros por dia. No 2o dia, levamos a Sonda Portátil, e ela fez uma média de 2 poços/dia, com amostragem Direct Push, ou seja, mais do dobro da produtividade
- Site em Santo André - Um local de muito difícil acesso. Não cabia nenhuma das nossas outras sondas (Caminhão ou Trator) e era um solo arenoso, no qual deveriam ser feitos poços multiníveis. Os rasos foram feitos pelos nossos Trados Mecanizados, mas os profundos, teria que ser usado revestimento, e a profundidade era 10 metros (N.A em 1 metro, solo arenoso). Imaginem a dificuldade que seria. A sonda fez 3 poços em 2 dias, com Trados Ocos, já contando com a dificuldade de levá-la ao local
- Site em Santo André 2 - 3 poços de 6 metros na areia. Fomos contratados para Trado Mecanizado com revestimento. Levamos a Sonda Portátil para mostrar que a produtividade era bem maior. Resultado: 3 poços instalados em 1 dia com os Trados Ocos + Amostragem Direct Push

Em resumo: Para solos arenosos em pequenas profundidades (até 10-12 metros), utiliza-se esse equipamento com Trados Ocos e obtém-se um resultado muito expressivo ao se comparar com Trado Manual ou mesmo Mecanizado e um preço bem inferior ao das "Hollows" comuns. Para solos argilosos compactos que "não fecham" em grandes profundidades ( a partir dos 9 metros até 24 metros), utiliza-se a Sonda Portátil com Trado Sólido de 6'' e obtém-se um resultado que seria impossível com Trado Manual e extremamente difícil e lento com Trado Mecanizado, também a um preço inferior ao das "Hollows" comuns.

Se você tiver um site nessas condições, recomendo esse equipamento. Mais rápido, mais eficiente, mais qualidade, custo final melhor: esse é o padrão ECD

Algumas fotos:




Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECD ministra aula de campo para alunos do SENAC

A ECD Sondagens Ambientais Ltda, através de seu Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis, ministrou duas aulas práticas sobre Investigação de Áreas Contaminadas para alunos do SENAC.
A primeira delas, em maio/2015, foi para alunos da 2a turma do Curso de Pós Graduação em Remediação de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina Técnicas de Investigação para Remediação.
A segunda, em junho/2015, foi para alunos da 14a turma do curso de Pós Graduação em Gerenciamento de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina de Técnicas de Investigação, sob a responsabilidade do Professor Ms. Vicente de Aquino Neto.
O objetivo das aulas foi proporcionar aos alunos um contato com algumas ferramentas pouco usuais nas investigações de áreas contaminadas atualmente conduzidas no Brasil, sempre visando uma mudança no paradigma, que coloque a etapa de diagnóstico no centro do processo, e que a identificação da massa de contaminante e sua interação com o meio físico seja o resultado da etapa de investigação, não um …

ECD faz ensaios RCPTu para dimensionar remediação

No mês de março/2013, a ECD foi contratada por uma Consultoria para coletar dados geoambientais em uma área contaminada por diesel no bairro da Vila Guilherme, em São Paulo-SP. Após uma conversa muito proveitosa com a Consultoria parceira, o corpo técnico da ECD, aproveitando sua experiência e pesquisas sobre Investigação Geoambiental de Alta Resolução sugeriu que, antes da instalação dos poços de bombeamento solicitada inicialmente, fossem feitos alguns ensaios de piezocone de resistividade (RCPTu) para uma adequada elaboração do Modelo Conceitual do Site e, com isso, os referidos poços pudessem ser adequadamente locados e dimensionados. A Consultoria prontamente aceitou, pois foi contratada pelo "Responsável Legal" para corrigir uma remediação projetada e executada por uma outra consultoria, que havia falhado. Para resolver o problema, era necessária uma adequada investigação geoambiental, e o ensaio RCPTu foi a ferramenta escolhida. Como o responsável pela Consultoria co…

Power Probe da ECD em Cubatão

Essa semana a Power Probe da ECD está realizando um trabalho em Cubatão. Como todos que trabalham com Investigação Geoambiental sabem, na região de Cubatão, o nível de água costuma ser raso e o solo é muito arenoso ou orgânico, típico de mangue. O trabalho realizado pela ECD era coletar amostras de solo com liner (via Direct Push) a até 5,0 m de profundidade. O nível de água do site era cerca de 0,5 m. Pode-se imaginar a dificuldade do trabalho.
A equipe de Investigação Geoambiental da ECD foi ao local com a Power Probe, recém adquirida da AMS  Inc, fábrica dos EUA. A única forma de obter amostras representativas era utilizando a ferramenta Piston Sampler. Alguns leitores podem perguntar o porquê dessa afirmação. Vamos tentar responder: Se o solo é muito arenoso ou com nível de água muito raso, a tendência é que o furo de sondagem desmorone, ou seja, caso seja utilizada a metodologia tradicional (Single Tube, Macro Core ou Open Hole, todas as definições para amostragem com o furo abe…