Pular para o conteúdo principal

Treinamentos dos Colaboradores da ECD

Conforme já foi dito nesse blog em diversas oportunidades, a ECD tem como premissa fundamental a capacitação de seus colaboradores. Isso já pôde ser lido aqui, aqui e aqui, entre outras postagens.
Em 2012, esses treinamentos e avaliações foram institucionalizados e fazem parte do plano de carreira dos colaboradores. Para cada cargo existem vários níveis, para cada nível, existe uma série de competências e habilidades que o profissional tem que desenvolver, e para cada competência ou habilidade, há pelo menos um treinamento e uma avaliação correspondente, seja ela teórica ou prática.


Em maio/2012, foi feito o Treinamento Inicial de Integração, para um colaborador que estava entrando na ECD como Auxiliar de Sondagem. Nesse treinamento, teórico, foram abordados:


- Regras internas da empresa – 2 horas
- Postura básica do colaborador – 1 hora
- Equipamentos de Proteção Individual (EPIs) e Equipamentos de Proteção Coletiva (EPCs)  específicos para os trabalhos de sondagens ambientais – 4 horas
- Ferramentas e materiais básicos para os trabalhos de sondagens ambientais, amostragem de solo e instalação de poços de monitoramento – 4 horas
- Materiais básicos para instalação de poços de monitoramento – 1 hora

No treinamento prático, de 16 horas, foram abordados:
- Organização do Canteiro de Obras
- Uso Correto de EPCs e EPIs
- Avaliação Preliminar de Risco
- Amostragem de Solo Direct Push
- Sondagem com Equipamento Portátil: Trado Mecanizado, Trado Hidráulico e Sonda Hidráulica Portátil - Auxílio e Operação Básica
- Sondagem com Equipamento Mecanizado - Auxílio
- Instalação de Poço de Monitoramento
- Desenvolvimento de Poço de Monitoramento
- Acabamento de Poço de Monitoramento
- Lavagem e Descontaminação do Ferramental
- Descomissionamento

Para os Auxiliares de Sondagem que já estavam na ECD, foi realizado o Treinamento Auxiliares - Nível 1. Nesse treinamento, além da retomada dos itens teóricos abordados no Treinamento de Integração, foram abordados:
- Elaboração e preenchimento correto de Avaliação Preliminar de Risco (APR) - 4 horas
- Noções Básicas de Gerenciamento de Áreas Contaminadas - 4 horas
- Avaliação do Mercado de Áreas Contaminadas: clientes, parceiros, fornecedores e concorrentes - 2 horas
- Equipamentos de aquisição de dados para investigação ambiental: ECD, concorrentes, nacionais e importados - 2 horas
- Norma NBR 15.495 - partes 1 e 2: Instalação e Desenvolvimento de poços de monitoramento em aquíferos granulares. ênfase na importância do Desenvolvimento Primário (pistoneamento) - 4 horas

No treinamento prático, de 16 horas, foram abordados os mesmos temas do treinamento inicial, porém com ênfase na avaliação da perfomance dos colaboradores

Para os Técnicos de Operação de Máquinas, recentemente contratados, além de todo o treinamento descrito acima (totalizando 28 horas de treinamento teórico e 16 horas de treinamento prático), foram abordados, na parte teórica complementar:
- Novas Tecnologias para Investigação de Áreas Contaminadas: TRIAD, MIP, LIF, CPTu, High Resolution Investigation, Pre-packed Monitoring Wells, entre outros - 4 horas
- Padrão ECD de Sondagem, amostragem de solo, Instalação e desenvolvimento de poços de monitoramento - 2 horas
- Preenchimento de boletins - 1 hora
- Noções básicas do ensaio de CPT, CPTu, RCPTu e Dissipação de poro-pressão - 3 horas
- Gerenciamento de ÁReas Contaminadas - 2 horas
- Geologia e Hidrogeologia Básica - 12 horas

Na parte prática:
- Operação de equipamento de sondagem portátil (Trado Hidráulico) - 4 horas
- Operação de equipamento de sondagem portátil (Sonda Hidráulica Portátil) - 4 horas
- Operação de equipamento de sondagem mecanizada (Sonda Hidráulica acoplada ao Trator) - 48 horas
- Amostragem de solo Direct Push - 8 horas
- Instalação, desenvolvimento e acabamento de poços de monitoramento - 24 horas
- Ensaios de CPT, CPTu e RCPTu - 24 horas
- Elaboração de perfis litológicos e construtivos - 4 horas
- Elaboração de seção transversal - 4 horas
- Elaboração de mapa potenciométrico simples - 4 horas
- Noções de interpretação de perfil através de ensaio de RCPTu - 4 horas

Isso mostra que a ECD está sempre buscando a excelência nos trabalhos, seja no desenvolvimento de equipamentos, na aquisição de equipamentos modernos, na contratação de pessoal qualificado, e principalmente, na capacitação e treinamento do seu corpo técnico, que é o ativo mais importante da empresa. 

Abaixo algumas fotos dos treinamentos práticos, evidenciando as ações e indo além do simples jogo de palavras. Aqui se investe em treinamento


Operação de equipamento portátil de sondagem: Trado Hidráulico 

Descrição de amostras de solo Direct Push 

Operação de Sonda Hidráulica sobre Trator 

Organização do canteiro de obras: suporte de hastes e liners

Amostragem de Solo Direct Push com Sonda sobre caminhão 

Operação de sonda hidráulica sobre Trator 

Amostragem de solo Direct Push concomitante com sondagem Hollow Stem Auger com Sonda Hidráulica sobre Caminhão 

Ensaios de RCPTu

Instalação de poço de monitoramento: tubos ensacados e instalação por dentro dos Trados Ocos 

Instalação de poço de monitoramento 

Sondagem mecanizada: auxiliares na sonda hidráulica sobre caminhão 

Instalação de poços de monitoramento por dentro dos trados ocos


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ECD ministra aula de campo para alunos do SENAC

A ECD Sondagens Ambientais Ltda, através de seu Diretor Técnico Marcos Tanaka Riyis, ministrou duas aulas práticas sobre Investigação de Áreas Contaminadas para alunos do SENAC.
A primeira delas, em maio/2015, foi para alunos da 2a turma do Curso de Pós Graduação em Remediação de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina Técnicas de Investigação para Remediação.
A segunda, em junho/2015, foi para alunos da 14a turma do curso de Pós Graduação em Gerenciamento de Áreas Contaminadas, dentro da disciplina de Técnicas de Investigação, sob a responsabilidade do Professor Ms. Vicente de Aquino Neto.
O objetivo das aulas foi proporcionar aos alunos um contato com algumas ferramentas pouco usuais nas investigações de áreas contaminadas atualmente conduzidas no Brasil, sempre visando uma mudança no paradigma, que coloque a etapa de diagnóstico no centro do processo, e que a identificação da massa de contaminante e sua interação com o meio físico seja o resultado da etapa de investigação, não um …

ECD faz ensaios RCPTu para dimensionar remediação

No mês de março/2013, a ECD foi contratada por uma Consultoria para coletar dados geoambientais em uma área contaminada por diesel no bairro da Vila Guilherme, em São Paulo-SP. Após uma conversa muito proveitosa com a Consultoria parceira, o corpo técnico da ECD, aproveitando sua experiência e pesquisas sobre Investigação Geoambiental de Alta Resolução sugeriu que, antes da instalação dos poços de bombeamento solicitada inicialmente, fossem feitos alguns ensaios de piezocone de resistividade (RCPTu) para uma adequada elaboração do Modelo Conceitual do Site e, com isso, os referidos poços pudessem ser adequadamente locados e dimensionados. A Consultoria prontamente aceitou, pois foi contratada pelo "Responsável Legal" para corrigir uma remediação projetada e executada por uma outra consultoria, que havia falhado. Para resolver o problema, era necessária uma adequada investigação geoambiental, e o ensaio RCPTu foi a ferramenta escolhida. Como o responsável pela Consultoria co…

Power Probe da ECD em Cubatão

Essa semana a Power Probe da ECD está realizando um trabalho em Cubatão. Como todos que trabalham com Investigação Geoambiental sabem, na região de Cubatão, o nível de água costuma ser raso e o solo é muito arenoso ou orgânico, típico de mangue. O trabalho realizado pela ECD era coletar amostras de solo com liner (via Direct Push) a até 5,0 m de profundidade. O nível de água do site era cerca de 0,5 m. Pode-se imaginar a dificuldade do trabalho.
A equipe de Investigação Geoambiental da ECD foi ao local com a Power Probe, recém adquirida da AMS  Inc, fábrica dos EUA. A única forma de obter amostras representativas era utilizando a ferramenta Piston Sampler. Alguns leitores podem perguntar o porquê dessa afirmação. Vamos tentar responder: Se o solo é muito arenoso ou com nível de água muito raso, a tendência é que o furo de sondagem desmorone, ou seja, caso seja utilizada a metodologia tradicional (Single Tube, Macro Core ou Open Hole, todas as definições para amostragem com o furo abe…